(13) 3468-3944 | (13) 98118-9918
3 de julho de 2018

Notícias :: Entrevista com Regina Dias Fernandes, Presidente da Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios.



Regina Dias Fernandes, cofundadora e pela segunda vez na Presidência da Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios, fala sobre sua atuação.


1 – Como surgiu a ideia de fundar uma Academia de Letras, Artes e Ofícios?


 - A Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios surgiu de um ideal de nove mulheres de várias profissões, mas com um só ideal - "manter a poesia e a cultura ativas na cidade”.


2 – Quando foi fundada e com quais colaboradores você pôde contar à época?


 - A fundação se deu dia 27/03/2006, com a colaboração do Elos Club de São Vicente oferecendo a sede para nossas reuniões. Não demorou um mês para que chegássemos à conclusão de que a cidade não necessitava de um grupo de poetas apenas e sim de um grupo de intelectuais, artistas e profissionais, daí a atitude arrojada de fundar uma Academia e seu padrinho seria Frei Gaspar da Madre de Deus.


3 – O que é necessário para participar da Academia como Associado e para ser indicado como Acadêmico?


 - Para ser um Associado tem que ser por indicação de um membro da Academia e ser analisado por toda a Diretoria; para ser um imortal, um ACADÊMICO, tem que ser indicado pela Diretoria, apresentar um currículo rico dentro da área atuante da pessoa, ser presente nos eventos, estar sempre em dia com a tesouraria, descrever e pesquisar seu patrono.


4 – Quais os eventos mais relevantes que esta Academia promoveu e promove?


 - Os eventos são constantes no calendário previamente montado no início do ano. TODOS os meses fazemos saraus. Fazemos também exposição individual ou mista de telas ou fotos, concursos de poesia, de telas, de fotografia, escultura com divulgação em rádio, TV e jornais.


5 – Para ter sido indicada à Presidência pela segunda vez, seu trabalho deve ter atingido as metas e agradado aos seus pares. Como você avalia seu mandato?


 - Foi uma tradição que as presidentes fossem sempre uma fundadora e assim ocorreu até chegar 2016, quando fui eleita por dois anos, como manda o Estatuto. Cumpri meu mandato com um pequeno diferencial que era de poucas palavras e muita ação, cumpri todas as metas propostas, mesmo acometida de uma enfermidade no segundo ano da gestão. Quando terminei o mandato, para minha surpresa em assembleia geral fui escolhida novamente para presidir a Academia. Montei nova diretoria e estou em ação.


6 – Quais as ações programadas para sua atual gestão?


 - A programação para 2018/2019 será - continuar com os saraus, os concursos, criar a bandeira e o hino da Academia, um Banner mais vistoso, completar 30 cadeiras de acadêmicos, ter mais integração com outras academias, fazer um encontro com violeiros do litoral paulista, concursos só com os membros da academia, lançar o livro sobre a vida da academia, arrumar parcerias como a que no mês de abril já consegui com o quartel do 2º BIL e o principal, ter uma sede própria.


Regina Dias Fernandes, agradecemos sua disponibilidade e gentileza em nos atender. Desejamos boa sorte e uma feliz atuação.


para o topo da página